QUAIS SÃO AS NOSSAS MAIORES PRISÕES?

Temos duas prisões: a natureza e a cultura. Na primeira, estamos presos aos nossos instintos e, na segunda, estamos presos a valores, ideias e sentimentos que nos são impostos desde sempre.

No entanto, natureza e cultura não estão grudadas. A palavra casa não é o objeto casa. Ou seja, não precisamos ficar presos nem ao objeto e nem à palavra.

Há uma lacuna aí que podemos nos fazer existir nela. Podemos inventar quem somos – e sem nos submetermos aos nossos impulsos e nem ao meio em que vivemos.

Não é seguro viver de acordo com os próprios instintos. Também, não é confortável viver refém de tradições e moralidades que não concordamos.

Haveria outro lugar diferente desses dois? Sim. É nesse lugar que temos que buscar quem somos. O que inventarmos de nós nele – seguramente – será algo completamente genuíno.

Evaristo Magalhães – Psicanalista
Atendimento por vídeo chamada pelo WhatsApp: 31 996171882
Instagram:@evaristo_psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s