NENHUM AMOR É SÓ AMOR …

Nenhum amor é só amor. Dentro do amor há vários sentimentos que não podemos ignorar. Basta que comecemos um amor novo para que venham à tona. Dentre eles, o mais apavorante é a possibilidade da perda.

Infelizmente, quase sempre, ao conhecermos alguém, iniciamos um romance e, iniciamos também, uma guerra contra esses sentimentos.

A questão é quando não nos damos do quanto essa guerra é inócua – porque jamais sairemos vitoriosos.

Esses sentimentos não são exteriores, estranhos ou contrários ao amor. Eles são do próprio amor. Não adianta julgá-los e condená-los. Não adianta brigar, revoltar, deprimir ou enlouquecer.

Quanto ao amor, precisamos buscá-lo e cultivá-lo. Quanto aos sentimentos de amar – que nos apavoram – não precisamos fazer qualquer esforço para tê-los. Basta iniciarmos um novo romance para que ele mostrem as suas caras.

O amor, como quase tudo na vida, não é só essa coisa bonitinha e limpinha que aprendemos nos livros, revistas, filmes e novelas. Quem dera!

Não sofremos porque amamos. Sofremos porque ignoramos a verdadeira realidade do amor. Sofremos porque não damos conta de amar levando essa realidade junto.

Evaristo Magalhães – Psicanalista
Atendimento por vídeo chamada pelo WhatsApp: 31 996171882
Instagram:@evaristo_psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s