O AMOR É A NOSSA ÚNICA SALVAÇÃO …

O que somos de pulsão agressiva nunca desgruda de nós. Pode acontecer de um simples olhar gerar uma catástrofe.

O que nos faz ser cuidadosos com nossos instintos agressivos? O que nos faz apontar e condenar os instintos agressivos dos outros? O amor.

É o amor que nos faz denunciar o lado bizarro de tudo. É por amor que não deixamos que nosso lado pior nos domine.

É o amor que protege o mundo da destruição.

Não existe cura para a agressividade humana. Não adianta pensar que um dia controlaremos nosso lado mais escabroso.

O que, então, nos faz manter sob recalque o que somos de mais obscuro? A culpa – e se nos sentimos culpados é porque temos amor. Ou seja, remoemos porque nosso amor não foi suficientemente forte para nos conter. Ressentimos porque se pudéssemos voltaríamos atrás e faríamos tudo diferente.

Sem o amor não saberíamos a diferença entre o bem e o mal. Sem o amor não brigaríamos pelo meio ambiente, pelo fim da violência contra a mulher, pelo fim da lgbtfobia e pelo fim do racismo.

Só o amor para nos conter no que somos de pulsão de morte. Como essa pulsão não tem fim, nunca podemos nos perder do amor. É ele que vai e volta sobre ela mantendo-a sob controle. Sem o amor, a sangria do pior desata em nós. Daí …

Evaristo Magalhães – Psicanalista
Atendimento por vídeo chamada pelo WhatsApp: 31 996171882
Instagram:@evaristo_psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s