NINGUÉM CONSEGUE AMAR GENTE CHATA …

Conhecemos alguém e gostamos da pessoa. Daí, empreendemos todo um processo de sedução e de convencimento de que somos o seu parceiro ideal. No final, atingimos o nosso intento.

Posto isso, é essa lógica que passará a nos guiar enquanto durar essa relação. Ou seja, todas as vezes que estivermos sob o risco de sermos abandonados, reiniciaremos o processo de sedução e de convencimento de que somos o parceiro ideal de quem amamos.

É – exatamente – esse processo de sedução e de convencimento que destrói o amor. Ou seja, amamos mais o controle do medo de perder do que o amor em si.

Infelizmente, o medo é a lógica que guia nossos relacionamentos. Isso não é amor. Isso é loucura.

Deveríamos dar conta de amar – e sem nos preocuparmos com a possibilidade do abandono. Alguém tem garantia de alguma coisa nessa vida?

O amor – como tudo na vida – carrega o seu oposto. Ou amamos esse oposto ou faremos um de nossas vidas e da vida de quem amamos um inferno.

Evaristo Magalhães – Psicanalista
Atendimento por vídeo chamada pelo WhatsApp: 31 996171882
Instagram:@evaristo_psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s