O QUE FAZER QUANDO ALGUÉM TE DER UM FORA?

Não é para sofrer que vida nos coloca diante de certas situações.

Quem você ama resolve te abandonar. A vida não te colocou nessa situação para você passar semanas enviando dezenas de áudios implorando ao outro que reconsidere sua dor e retome o relacionamento.

Ao sofrermos, assumimos que fracassamos nas verdades que possuímos sobre o amor e que fracassamos em nossa capacidade de inventarmos outra coisa que não seja forçar uma reconciliação.

O amor pode ser outra coisa que não a dor ou uma volta obrigada.

Não deveríamos colocar o sofrimento como resposta ao que não damos conta na vida. Também, não deveríamos forjar um retorno de algo que não existe mais.

Deveríamos partir da perda para outra coisa que não fosse a dor e nem a forçação de barra do que já caducou.

Colocamos a dor ou a chantagem no lugar da perda porque não sabemos exercitar o pensamento diante do abandono.

O nome da perda não pode ser dor ou perseguição. É preciso inventar outro nome para isso. Esse nome é de cada um que perde – mesmo porque não existe perda igual.

Evaristo Magalhães – Psicanalista
Atendimento por vídeo chamada pelo WhatsApp: 31 996171882
Instagram:@evaristo_psicanalisra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s