O QUE UMA PESSOA IMATURA PARA O AMOR?

Sempre achamos que podemos resolver todos os nossos dilemas amorosos. Podemos – sim – fazer concessões, acordos e combinados com quem amamos.

No entanto, não deveríamos amar o outro apenas nas questões dele que damos conta de contornar. Devemos amá-lo – também – nas suas mazelas que são sem solução. Ou seja, devemos amá-lo aonde ele mais nos perturba.

Só damos conta até o limite em que fica tudo bem. É por isso que passamos horas e horas ao telefone discutindo – em vão – a relação. Queremos amores sem angústias, ansiedades e medos.

Há – no amor – o que nenhuma palavra toca. Não adianta racionalizar, chorar, chantagear ou brigar.

Há o que os amantes só podem carregar um do outro – e sem que isso interfira na relação.

Quem quer um amor sem desavenças – seguramente – nunca saberá amar.

Evaristo Magalhães – Psicanalista
Atendimento por vídeo chamada pelo WhatsApp: 31 996171882

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s