TENHO MUITA PREGUIÇA DE GENTE CONTROLADORA …

E quando o outro volta para casa? Será que é para casa mesmo que ele volta? E quando ele vai para o trabalho? E quando ele não para de olhar no celular? E se ele estiver mentindo?

É o que não sabemos do amor que nos atormenta e nos enlouquece.

Não existe nada capaz de conectar o que sabemos com o que não sabemos no amor.

Como continuar amando quando o outro pode estar nos enganando? Como continuar amando quando podemos estar sendo traídos?

Só daremos conta de amar quando formos capazes de integrar – conosco – isso que não controlamos do amor.

Como amar mesmo não podendo ver o que outro faz? Como amar mesmo não podendo ouvir as suas conversas? Como amar mesmo não podendo saber o que ele está pensando?

Na natureza é possível prever quando vai chover, esfriar ou esquentar. A natureza não é livre.

O amor é imprevisível porque existem milhões de amores no mundo – e nenhum é igual ao nosso.

O amor não funciona ligando a presença com a ausência. Temos que dar conta de pensar que quem amamos está conosco – mesmo não estando conosco.

Evaristo Magalhães – Psicanalista
Atendimento por vídeo chamada pelo WhatsApp: 31 996171882
Instagram:@evaristo_psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s