AME SEU INCONSCIENTE …

Evaristo Magalhães – Psicanalista
Atendimento online: WhatsApp 31 996171882

O bebê não necessita só de comida. Ele precisa – também – de amor. Para tanto, ele tem agradar a sua mamãezinha dando conta de dizer o que ela quer ouvir.

É assim que adentramos no mundo da civilização. É assim que nos sentimos amados e não discriminados pelo outro. Ou seja, temos que dar conta de nos fazer entender por ele.

Contudo, nunca estaremos certos de que seremos compreendidos. É por isso que precisamos voltar atrás, explicar melhor ou inventar outra forma de dizer.

O inconsciente não é uma caixinha fechada escondida dentro da nossa cabeça. Não é – também – um acontecimento traumático esquecido em nossa memória.

O inconsciente existe porque nos relacionamos.

O inconsciente é a angústia que nos acompanha por não conseguirmos dizer tudo o que gostaríamos. Ele é a palavra que nos falta. É o que nos toma – e sem que consigamos dar um nome para isso.

Todo depressivo prefere enfurnar no nada do que encontrar uma palavra que faça algum sentido.

Toda pessoa que sofre de transtorno do pânico prefere se entregar ao medo do que tentar inventar uma borda para o seu desespero.

Nosso inconsciente é quando abrimos a boca. É quando temos que dar conta de adivinhar o que o outro quer de nós. Isso é possível? Não. Vamos desistir? Não.

A cura para o pânico e para a angústia depende da ginástica que somos capazes de fazer com as palavras.

Instagram:@evaristo_psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s