TODO AMOR DEVERIA COMEÇAR PELO PIOR DE CADA UM …

Evaristo Magalhães – Psicanalista
Atendimento online: WhatsApp 31 996171882

Não deveríamos começar nenhum amor sem – primeiro – amar os outros de nós mesmos. É porque não nos amamos – no que não somos – que não damos conta de amar o outro naquilo que ele não é.

Portanto, todo casal deveria começar amando o pior de cada um.

A vida é – também – um filme de terror. No entanto, nenhum filme sobre esse nosso lado deveria ser de terror, mas de amor. Brigamos, alcoolizamos, usamos drogas, deprimimos e revoltamos porque não sabemos amar a verdade de terror que – também- somos.

Todo filme de terror sobre a vida deveria ser de amor sobre a vida.

Quem dera se pudéssemos só conjugar amor com amor?! Quem dera se pudéssemos fazer com que depois da palavra amor só viesse outra palavra amor?! Não podemos!

Quem não gostaria de ser só amor? No entanto, essa não é a verdade da vida. Somos – também – verdades opostas à do amor. E sendo verdades, não podem ser camufladas ou negadas.

É possível ser só amor? Sim – com a condição de que comecemos por amar em nós tudo o que não somos de amor. Só assim estaremos preparados para amar o outro em todos os seus outros.

Instagram:@evaristo_psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s