SOBRE O ABORTO …

Evaristo Magalhães – Psicanalista
Atendimento online: WhatsApp 31 996171882

Uma pessoa pode se desejar fazer mal: vide os alcoólatras, os dependentes químicos e os obesos extremos.

É possível tratar uma pessoa que se deseja fazer mal? Sim. É preciso que ela se pergunte por que ela quer se fazer mal, do que ela quer se desviar se fazendo mal ou do que ela quer se punir quando provoca o mal em si.

E quando a pessoa não se deseja o mal? Estou falando de crianças que são estupradas e que acabam grávidas vítimas desse estupro. Tem tratamento? Sim. Porém, a saída não é ela se perguntar acerca dos motivos que a levaram a se fazer mal. A saída não é pelo pensar sobre si assumindo suas responsabilidades pelo seu dano.

A saída é pelo ato. E, nesse contexto, dois atos passam a ser de fundamental importância para que essa criança recupere, em alguma medida, a sua dignidade emocional e moral: o aborto e a penalização desse adulto criminoso.

Instagram:@evaristo_psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s