POR QUE TEMEMOS A VIDA REAL?

Não queremos saber porque amanhã poderá ser conosco.

É por isso que só queremos um amor de completude.

Não existe amor completo. É por isso que não amadurecemos. Criamos uma fantasia e agimos como crianças todas as vezes que a realidade bate à nossa porta.

Também, é por isso que não amadurecemos enquanto país. Não enfrentamos a violência contra os pobres, as mulheres, negros e LGBTs porque achamos que tal violência nunca respingará em nós.

Por que tememos tanto a vida real? O que é a vida real? É o que está se passando fora de mim e dentro de mim. Fora de mim é o que está acontecendo com o outro e dentro de mim é o que está acontecendo comigo.

Nego o que se passa fora de mim para não ter que enxergar o que se passa dentro de mim.

Viver é estar sendo violentado. Viver é perder: vamos envelhecer e vamos morrer.

É só quando nos incluirmos na violência – externa e interna – igual para todos os seres humanos, é que estaremos prontos para amar de verdade e para construirmos um mundo melhor para todos.

Ninguém está ileso de nada! Menos arrogância e mais humildade, por favor!

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s