QUANDO SÓ O HUMOR SALVA …

Creio que ninguém – em sã consciência – esteja dando conta de ver – a olhos nus – os tantos absurdos disso tudo que está aí.

Precisamos de filtros. Precisamos de humor.

Ninguém pode só ver. A realidade é traumática demais quando vem em carne viva.

Sem um mediador, a sensação é a de que vamos explodir.

Dependendo da gravidade dos acontecimentos, não basta só saber. Dependendo da notícia, é preciso que ela venha entremeada de algo mais. Nesse momento, só os humoristas podem fazer isso por nós.

Já que não estamos dando conta de colocar luz suficiente, então, que coloquemos toda a nossa ironia. Ao menos, estaremos garantindo – minimamente – a nossa sanidade mental.

Está faltando gozo para amortecer toda essa pataquada.

É muita frieza não se sentir impactado. Ninguém suporta ver – à cada dia – tanta coisa tosca, grosseira e escroque.

Precisamos de algo parecido com o que fez Charles Chaplin  denunciando e fazendo graça das mazelas do capitalismo.

Estamos precisando – com urgência – de fazer chistes e piadas de toda essa lambança.

Não adianta só mostrar, apontar ou escancarar. É preciso apontar alguma saída. Enquanto essa saída não chega, precisamos – ao menos rir – para suavizar nosso olhar sobre tanta putrefação.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s