NINGUÉM SUPORTA UMA PESSOA QUE FICA REPETINDO A MESMA COISA O TEMPO TODO …

Estamos sempre em dívida para com o outro.

A dívida não é do outro que não consegue nos dar o que esperamos. A dívida é nossa que não conseguimos transmitir o que gostaríamos.

Não é culpa do outro quando não somos amados.

Há uma falta em mim que quanto mais tento expressá-la, mais distante fico dela.

Não sabemos quem somos. Só sabemos dizer quem somos – e as palavras não são as coisas.

Creio que estou me compreendendo e, por conseguinte, que estou sendo compreendido pelo outro. O amor é só tempo de duração dessa ilusão.

Os casais brigam quando não dão conta de perceber este caráter fantasioso do amor.

Amar seria, então, a capacidade de se expressar bem? Não. De qualquer maneira que dissermos de nós, não estaremos sendo verdadeiros.

Somos abandonados, possivelmente, porque o outro enjoou do nosso vocabulário. Ele desistiu de suprimir a nossa dívida e optou por se endividar com outro.

É por isso que ninguém suporta uma pessoa que fica repetindo a mesma coisa o tempo todo.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s