ATÉ QUANDO VAMOS GOZAR DO QUE NÃO SERVE MAIS?

Todo saber que temos só trata do que fomos ou do que poderemos ser. No entanto, a vida não é o que sabemos e nem o que saberemos. A vida é o que estamos vivendo.

O que virá – certamente – será muito diferente do que foi e do que está sendo.

Só conseguimos saber do que aconteceu. A ciência, a literatura, a filosofia, a religião e as artes vivem para nos iludir de que podemos saber quem seremos. Doce ilusão!

Não existe saber sobre o futuro.

Deveríamos nos ocupar menos do que já foi e do que será – e nos ocupar mais do que estamos sendo agora.

Nossas escolas vivem de ensinar sobre experiências passadas ou futuras. Falta professor para o agora – que nada tem a ver com o antes e nem com o depois.

Quantos não desistem porque se dão conta de que não foi o que esperavam?!

Nenhum testemunho passado ou futuro pode valer para o agora. Tudo pode mudar no próximo segundo. O que fazer? Ninguém pode prever. De adianta – para depois – se sairemos vitoriosos ou não?

Até quando vamos viver de blefar do que fomos e do que seremos? Quando vamos começar a gozar do nosso agora?

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s