POR QUE TODA BELEZA QUASE SEMPRE É TRISTE?

Achamos que a felicidade é ser bonito, ter dinheiro ou inteligência. Não é.

Quem disse que as celebridades não tomam antidepressivos? Quem disse que milionário não tem síndrome do pânico? Quem disse que intelectual não faz análise?

Quem muito quer a beleza não seria porque – no fundo – se sente feio? Ostentar a riqueza material não seria um modo de negação das misérias humanas? Mania de inteligência não seria sintoma do medo de ser esquecido?

A felicidade pela estética, pela acumulação e pela exibição é só um semblante da verdadeira felicidade. Logo todas essas máscaras cairão!

Qual a diferença entre procurar um psicanalista e procurar um cirurgião plástico, um consultor de negócios ou um intelectual?

No mundo real, vivemos de mentiras. Em contrapartida, sobre o divã, só podemos dizer de nós mesmos – que passamos a vida toda tentando camuflar com subterfúgios inócuos.

E quem somos? Na verdade, não-somos.

A felicidade é a humildade!

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s