TENHO PREGUIÇA DE GENTE QUE SE ACHA …

É complicado se achar lindo, inteligente, viril e rico.

Ao nos definirmos desenhamos um outro de nós mesmos. Passamos a achar que ele será suficiente. Não será!

Daí, nos deparamos com o tempo que nos envelhece e com espaço que nos limita. Não podemos tudo! O tempo e o espaço são outros de nós.

Somos infinitos outros.

Também, nos deparamos com outros que não refletem a beleza, a inteligência, a virilidade e a riqueza que refletimos para nós mesmos. Seremos frustrados!

Não somos senhores de nós mesmos. É impossível controlar esses outros nossos que nos aparecerão.

É porque achamos que sabemos quem somos, que os outros que não sabemos de nós mesmos viram nossos próprios fantasmas.

Não choro só por quem morreu. Choro por mim que o morto me escancara.

Não brigo com outro. Brigo comigo mesmo quando não dou conta do estranho de mim que ele me revela.

O que penso de mim é o que carrego e uso para fazer com que nada fuja do meu controle. Doce ilusão!

Só sou agora. É impossível saber qual outro serei. Espera-se que eu seja um bom outro.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s