NINGUÉM TEM A CERTEZA DA FELICIDADE …

Quanto ao que tememos, é quase impossível alguém acertar quando nos dizem como fazer com isto ou com aquilo. Acho a maior enganação esses livretos ensinando como encontrar o emprego ou o amor dos sonhos. É impossível prever a condução e o desfecho, quando se trata de seres humanos se encontrando para qualquer coisa. Depois de uma noite linda, o outro pode acordar e dizer que não nos quer mais. Podemos até prever se vai chover ou se a estrutura – quando física – é segura. Quanto às relações humanas, tudo pode acontecer: seja no trabalho, no amor ou nas amizades. Não é de terremotos que mais tememos. Não são as doenças que mais nos desesperam. É o outro que mais nos enlouquece. Sartre dúzia que o outro é o meu inferno. E não adianta comprá-lo. Não resolve obrigá-lo às nossas vontades. Nossa paz só funciona quando somos amados – e de modo livre. É – exatamente – essa liberdade que pode ser toda a nossa alegria e toda a nossa tristeza. Sobre a alegria, sabemos muito bem o que fazer. Agora, sobre a tristeza … Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s