NÃO SEJA IDIOTA NO AMOR …

Amar não é ter alguém. O amor não é biologia.

O melhor é não ter que ter: não  mendigar, não correr atrás e não amar por submissão.

Antes de qualquer coisa é ter paz consigo. Não é amor olhar de um em um minuto se chegou alguma mensagem no zap e – também – não é vigiar as redes sociais do outro: isto é desespero ou loucura.

Não é amor perder de si. Bom é dar conta de bloquear quando é tóxico. Bom é dar conta de não prosseguir se ficou sem resposta. Bom é dar conta de procurar só na medida em que se é procurado.

Bom é dar conta de conduzir bem as situações. É se dar conta do ridículo. Ninguém pode se fazer mal por nada. Ninguém pode gozar se fazendo sofrer.

Não é amor quando a dignidade  é o amor próprio  ficaram para segundo plano: o que não vale só para o amor, mas para tudo na vida.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s