POR QUE SÉRGIO MORO TEM QUE SER PUNIDO?

Somos pensamento e ação. A coisa complica quando desvinculamos pensar de agir.

Podemos até agir sem pensar. No entanto, precisamos de alguém para nos dizer da nossa ação, para qualificar a nossa ação ou para nos impedir de continuar agindo.

Sérgio Moro age mal porque age sem pensar – e sua ações não estão submetidas à qualquer qualificativo.

Quem poderia qualificar as ações de Sérgio Moro? Seus pares. Acontece que – ao que tudo indica – ele os submeteu à sua vontade.

É complicado quando não existe o Outro do Outro. No entanto, não podemos compactuar com a mentira, a vingança, a perseguição, o ódio e a injustiça.

Quando não consigo ser meu próprio Outro, preciso buscar esse meu Outro fora de mim. Caso contrário, me transformarei em um psicopata.

Esse Outro é a palavra. Todo ato precisa prescindir de algum sentido. Não há lógica para a violência.

É a coletividade que estará em risco se compactuarmos com o uso do poder público para interesses privados.

Sérgio Moro vem errando sistematicamente. Parece que ele não reflete antes de agir. Parece que ele está obcecado por seus interesses. Ele não submete suas ações à escuta de quem quer que seja.  Ele age de modo impulsivo.

E, para piorar, mesmo depois de todas as suas tramoias terem vindo à tona, ele prossegue tentando se safar do óbvio.

O não impedimento desse sujeito  ampliará ainda mais o fosso moral  que este país nunca parou de aprofundar desde que recebeu o nome de Brasil.

Quando será que seremos de fato uma nação séria?

 

EVARISTO MAGALHÃES – PSICANALISTA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s