SÓ GOSTO DO QUE NÃO FAZ O MENOR SENTIDO …

Não gosto do que me diz alguma coisa. Gosto do que nada me diz.

Tem um ventilador de teto no meu quarto. Ele faz uns barulhinhos. É tudo o que eu mais gosto de escutar. São só barulhos. Só os ouço. Não preciso pensar em mais nada. Não são bonitos nem feios. Não são agudos nem graves. Não são tristes nem alegres. Tudo em mim cessa quando me ponho a ouví-los.

Talvez, a maior fonte de nossas angústias e ansiedades tenha sido o fato de um dia termos começado a dar nomes e a interpretar as coisas, as sensações, as emoções e os barulhos. Começamos a viajar demais e nos perdemos de tudo.

Penso que enveredamos por um caminho sem fim quando decidimos tudo interpretar. Nunca mais tivemos sossego porque, a partir daí, tudo deixou de ser o que é para ser outra coisa. Tudo passou a nos afetar para o melhor e para o pior. Tudo passou a nos causar prazer, angústia e medo.

Não gosto do que tenho que significar. Não gosto do que me comove, me horroriza e me angustia. Não gosto do que me realça e me amplifica.

Prefiro aqueles sons da época em que as crianças não falam, mas balbuciam emitindo coisas que parecem antecipar a sonoridade das palavras.

Gosto de sons que me fazem esquecer os sentidos de tudo. Gosto de sons que me causam amnésia fônica.

Quero o que perdi quando decidi querer tudo entender. Quero o ruído, o barulho, o grito, a dissonância, a nota falsa, a arritmia, o sopro e o balbucio.

Não quero nada que me afete pensar. Não quero nada que me provoque falta. Não quero nada que me abra buracos. Não quero ter procurar. Não quero nada que tenha outra coisa por detrás. Não que nada que tenha depois. Quero só o que é.

Quero sons e barulhos que ouço sem me impactar. Não quero nada que me angustie. Só quero sons que nada me dizem. Só quero sons inteiros. Quero uma nota que seja sempre a mesma. Quero um ritmo que seja sem variação. Só quero sons que são por si – sem que me façam procurar por outros como se precisassem de complementos.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s