VIVER É FAZER ARTE DE SI MESMO …

Sofremos porque sempre esperamos encontrar -externamente – a verdade sobre nós mesmos.

Existem os objetos e as palavras. Dos objetos, nada sabemos. Só sabemos dos objetos através de algo estranho a eles. Ou seja, só sabemos dos objetos através das palavras que os nomeiam.

A questão é que uma coisa são as palavras e outra são os objetos.

Ficamos angustiados e ansiosos quando tentamos compreender quem somos através das palavras. Para saber quem somos, teríamos que inventar algo que nada tivesse relação com as palavras. Para saber quem somos, teríamos que criar novas ferramentas e novos materiais que não fossem conceitos, teorias, doutrinas e ideologias.

Pensar é infernal. Ninguém tem a última palavra. Quem é o pai de Deus? Quem é o pai do pai de Deus? Impossível saber.

Penso a psicanálise veio para fazer um furo no saber instituído, para mostrar que a verdade não existe e para nos despir de tudo o que – de fora – tem a pretensão de nos dizer quem somos.

A psicanálise quer que o que venhamos a ser venha de nós mesmos.

Que seja um escrito, uma letra ou um ato. Mas, com a condição de que seja algo genuinamente nosso e sem qualquer mediador.

Viver é fazer arte de si mesmo.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s