O AFETO É TUDO …

Ao chegarmos em uma festa o que vemos? Pessoas? Não. Vemos corpos. Pessoas são mais que corpos. Pessoas são afetos.

Os corpos só serão pessoas – para mim – na medida em que me endereçarem algum afeto.

Sofremos porque sempre esperamos afeto: pode não acontecer.

Em princípio, somos só solidão. Onde quer que estejamos temos que nos sentir como se fôssemos apenas corpos rodeados de outros corpos.

Não posso olhar buscando pessoas. Não posso procurar afeto. Não posso chegar fissurado por sentimento. Não posso querer que os corpos me reconheçam em meu desejo por eles.

Em princípio, tenho que me sentir como não existindo para o outro. Tenho que me sentir existindo apenas para mim. Tenho que interagir meu afeto com o ambiente, com a decoração, a música e a bebida, por exemplo. Nada disso necessita de ter afeto por mim para me fazer sentir bem.

Todo mundo se apronta, se maqueia e se perfuma para ter o afeto alheio.

Ocorre que pode não acontecer. É por isso que o melhor é tomar todo mundo como desafectado. Não esperar amor é preventivo da frustração.

Atente-se para a força e a duração do olhar que te endereçam. Nem toda visada é de afeto. Olhares famintos não são de afeto. Quanto mais profundo, contemplativo e sensível for o olhar, mais revelador ele será do sentimento  do outro para você. Fora isto, são corpos cruzando com corpos e não pessoas cruzando com pessoas.

O afeto é tudo. Hoje ele está ficando cada vez mais raro.

Melhor é não esperar. Melhor é nutrir para si o afeto que seria para o outro.

No entanto, não tem preço a magia de afetar e ser afetado por alguém. Muitos já viveram esta experiência. Muitos poderão nunca viver.

Afeto não se compra. Afeto não se obriga. Afeto é sorte, destino, coincidência, liberdade e gratuidade. Afeto é sem explicação.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s