AO APAIXONAR, ESQUECE ESSA HISTÓRIA DE QUE VIRILIDADE É TUDO …

Quando apaixonar, não atente-se para as qualidades do outro. Esquece essa história de dinheiro, estética, intelecto e virilidade.

Para a psicanálise, fazemos isso para não fazer aquilo. Dizemos isso para não dizer aquilo. Usamos do melhor para recalcar o pior.

Não é só o que se vê e o que se ouve que faz um grande amor. Quem dera!

Somos perda. Estamos perdendo.

Muita ambição, vaidade, arrogância e tesão pode ser sinal de uma dificuldade crônica para lidar com a falta.

Reagir de forma agressiva pode ser uma forma de defesa para lidar com os contrários.

Portanto, ao se apaixonar, atente-se não para o que o outro diz dar conta. Atente-se para as suas fraquezas.

Só vá em frente se ele for capaz de conduzir bem suas situações limites. Isto é um bom sinal de que ele é bem resolvido e de que não projetará em você o que ele não dá conta em si.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s