NADA PIOR QUE UM POLÍTICO IDIOTA …

O poder exige inteligência, é movimento, gestão e execução.
Tudo está interligado. Há muitas variáveis. Muitos desdobramentos e consequências. É preciso ser muito astuto para não atirar no próprio pé.
Quanto mais ignorante a fala e a execução, pior a reação. Quanto menos inteligência, mais exposição ao ridículo e mais desgaste. Quanto pior a repercussão, menor a credibilidade.
Inteligência é cálculo. Política é ciência política. Quando o erro não é tão grotesco, a reação quase sempre não soa como oposição. Agora, quando o erro beira a burrice, aí ninguém perdoa.
Toda inteligência pode ser perdoada – uma vez que ninguém sabe tudo. No entanto, ninguém perdoa quem quase nada sabe quando diz saber ou quando deveria saber.
É profícuo se o erro leva ao debate. Quem discorda quer é contribuir no complemento da inteligência alheia. O problema é quando a estupidez descamba para o cômico. Aí não tem jeito. É só uma questão de tempo. Ninguém se sustenta no ridículo. Pior é quando o político – parece – ser ridículo por natureza.
Evaristo Magalhães – Psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s