TENHO MUITA PREGUIÇA DESSA HISTÓRIA DE MERITOCRACIA NO BRASIL …

O grande problema do Brasil sempre foi a tal da meritocracia.

Nos governos Lula/Dilma reconhecemos os negros, os lgbts e as mulheres como cidadãos de direitos.

Entendíamos que não havia a menor possibilidade dessas minorias serem inclusas nas benesses mínimas do consumo e da cultura, sem a ajuda de políticas públicas.

Há, no Brasil, pessoas que acham que essas minorias podem e devem conseguir isso apenas por seus esforços próprios. Entendem que como conseguiram, todos podem conseguir. Não é bem assim. Uma criança da classe E já nasce muito atrás de uma criança da classe A. E se ela for negra, nasce ainda mais atrás. E se ela for negra e mulher, complica ainda mais. E se ela for negra, mulher e lgbt, daí nem se fala.

É este o grande problema do Brasil. Não estudamos história. Esquecemos que este país foi fatiado para poucos nas famosas capitânias hereditárias. E, em certa medida, a concentração da riqueza, dada de graça, permanece perpetuando entre ricos e pobres.

Não reconhecemos nossa dívida para quem ficou de fora desta repartição.

A grande questão é que estas minorias vêm há séculos tentando ascender socialmente e, no entanto, ainda permanecem desprovidas do mínimo para as suas sobrevivências.

Muitos, no desespero da fome, recorrem à violência como forma de vida. E quando são assasinadas, ficam como vagabundas, porque se quisessem teriam conseguido.

Desconheço um pensamento social mais raso que este.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s