POR QUE QUERO VIRAR UMA PLANTA?

A vida é feita de fluxos. Há fluxos que podemos, amenizar, alterar interromper e há fluxos que nada podemos fazer.

Há o fluxo da política que só depende do coletivo para ser modificado.

Contudo, há fluxos que seguirão seu curso independentemente da nossa vontade ou da vontade da ciência ou da religião. Quanto a isso, não adianta pânico e nem revolta.

Para estes fluxos inevitáveis, só nos resta seguir o exemplo das plantas.

Você já reparou como a folha de uma árvore segue seu trajeto? Ela não é alegre nem triste, inteligente ou ignorante, boa ou má. Ela – simplesmente –  é.

Sofremos porque queremos controlar o incontrolável. Quanto mais insistimos, mais adoecemos.

Falta-nos calma, tolerância, resiliência e humildade para o inevitável.

No entanto, não nos foi dada outra escolha. Não se trata de masoquismo. Trata-se de outro modo de lidar com o que não podemos.

Observe as plantas. Elas apreciam a vida apenas enquanto a têm – e sem qualquer preocupação.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s