QUAL É O MAIOR TESÃO DA VIDA?

O maior tesão da vida não é transar gostoso, não é ter orgasmos múltiplos e nem ser milionário. Não é viajar o mundo, não é ser só bonito e inteligente.

Nada disso nos livra das nossas mazelas de existir.

Rico também toma antidepressivo, bonito também vai ao psiquiatra e intelectual também faz análise.

O maior tesão da vida é dar conta de encontrar um sentido para viver. A ciência não o tem. A filosofia também não. A religião muito menos.

O sentido de viver é pessoal.

Todo orgasmo acaba, toda viagem tem seu fim e toda beleza tem data de validade. Existir não é quantificável.

Não há maior prazer na vida do que ser capaz de construir uma tela de proteção existencial que seja capaz de nos proteger do desespero e da loucura.

As pessoas tentam resolver suas mazelas pelo sexo, pela conta bancária, pela estética, pelo intelecto ou pelo consumo. Não resolverão!

A melhor alegria de viver é ser capaz de construir algo de si pelo enfrentamento de si naquilo que ninguém pode resolver por você.

O maior tesão não é colecionar transas, adquirir bens ou ostentar ideias. Não é a arrogância de se entupir antidepressivos, cirurgias plásticas, próteses e anabolizantes.

O maior tesão da vida está no vazio que nada disso preenche.

Não existe o ser – no sentido de que sabemos sobre nós mesmos. Existe o ter no sentido de que temos esse vazio – e precisamos criar alguma borda de sentido em torno dele. Esse – sim – é o nosso maior tesão de viver!

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s