VOCÊ TEM ESTILO?

A felicidade é ter estilo.

Não é possível que sejamos felizes só com o que somos. Se assim fosse ninguém estaria triste – uma vez que a grande maioria vive de acordo com o status quo.

Portanto, ter estilo não é viver conforme o já inventado. Também, não é inventar misturando o que já existe – como se estivesse criando algo novo.

Ter estilo é atravessar tudo no ponto onde tudo falha.

A nossa felicidade não é a felicidade de outrem. A alegria de viver é de cada um. Meu ponto de conexão com o mundo ocorre quando invento a partir do que o mundo só consegue recobrir com tristeza e melancolia.

Estilo é autenticidade. É inventar sobre a falta. É ser humano depois do humano. É criar sobre o osso.

É menos verdade e mais covardia a sensação de que tudo já foi inventado.

Fomos educados para repetir e não para inventar. Sempre esperamos uma resposta. O consumo sabe disso e forma uma série de vendedores de uma felicidade enganosa.

Pagamos caro pela ilusão de que podemos comprar quem gostaríamos de ser. Isso tanto é verdade, que tem gente que quanto mais infeliz está – mais consome.

Felicidade é a capacidade de ir além de si. Estilo é a capacidade de criar sobre o que não se é. É a capacidade de inventar sobre o que ninguém possui.

Estilo é descobrir-se partir do que se tem de mais oco de si.

A felicidade não é o mesmo do mesmo. A felicidade é o novo!

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s