QUANTO MAIS VAIDADE, MAIS SOFRIMENTO…

Parece fácil ter um corpo. Não é. Controlamos nossos movimentos e nossas forças, gostamos mais de umas partes que de outras, compramos um tanto de apetrechos e ingerimos um monte de esquisitices para as nossas silhuetas.

No entanto, não somos só um físico. É certo que não  existiríamos sem corpo. Contudo, nele está todo o nosso vigor e – também – o fim dele. Gozamos do corpo, mas acabaremos por ele.

O que fazer com esse lado sombrio que carregamos? Ele vai acontecer queiramos ou não – ainda que nosso intelecto insista em contrariá-lo.

Sempre achamos que podemos ficar ainda mais belos. No entanto, mesmo com toda a beleza do mundo, não podemos nos livrar do acontecimento da nossa feiura.

Sempre achamos que podemos ser mais fortes. No entanto, nosso  corpo tem seu tempo próprio   – e que segue uma direção oposta ao que esperamos dele.

Em se tratando de corpo, começamos a perder logo que nascemos: isto é igual para todo mundo. A forma como cada um lida com isso é que não igual.

Frente à esta sombra que nos persegue, muitos reagem com sintomas de toda ordem. Alguns se deprimem, outros ficam compulsivos por intervenções plásticas ou químicas e há, ainda, aqueles que desistem de tudo.

Há o que jamais saberemos. Contudo, paralelo a isso, existe um infinito-físico que podemos viver. 

Penso que poderíamos viver um pouco menos perturbados se conseguíssemos dialogar com isso que nos é certo – e que queremos negar a todo custo. A chave está na capacidade de amarmos – de modo equivalente – nossas possibilidade e nossos limites físicos. A saída não é lutar contra. A saída é encarar a realidade – e sermos felizes – carregando ela conosco.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s