PRECISAMOS FALAR MENOS E ESCUTAR MAIS …

O bom do psicanalista é que ele estuda para aprender a escutar as pessoas. Esse escutar psicanalítico significa suspender toda e qualquer censura. Não é um escutar que assusta com o que ouve. É um escutar que deixa o outro falar o que quiser – porque acredita que onde tem fala tem a busca por algum sentido. Para a psicanálise, o ato começa onde termina a palavra. Enquanto há fala, não há ato. Falar é tentar entender os sentimentos. Ninguém coloca a vida em risco enquanto fala – ainda que esteja delirando ou alucinando. É só pela fala que podemos ser alguém. Ao cessar a palavra – tudo pode acontecer. Não escutamos só a fala. Não escutamos só a voz. Escutamos através os gestos, o olhar e o silêncio. Escutamos os afetos, os medos, as dores e as angústias. Ninguém precisa falar para estar conosco. Não ser não significa anormalidade. Escute o outro para além do que ele diz. Quem disse que o autista não está comunicando nada conosco? Por pior que outro esteja – e independente do que ele esteja fazendo – isto não significa que ele não esteja nos comunicando algo. A humanidade de uma pessoa só termina quando ela desiste de dizer tudo o que sente. Precisamos escutar e descobrir a humanidade por detrás do dependente químico. Precisamos escutar e descobrir a humanidade por detrás de um homem-bomba. Só descobriremos humanidade escutando o que ela quer nos dizer com suas falas, movimentos e ações. Só poderemos evitar o pior sentando e conversando com o outro sobre seus sintomas. Nada é em vão. Tudo precisa fazer sentido. Sem sentido viramos bichos. Precisamos assumir nossa parcela de culpa na animalidade que atribuímos ao outro.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s