POR QUE NÃO SOMOS VERDADEIROS?

Podemos falar de nós mesmos escondendo quem somos. Ninguém diz as verdades de si. Falar pode ser – também – uma forma de sedução. Falando podemos causar comoção, pedir socorro ou agregar pessoas em torno da nossa dor.

Freud disse uma vez que João está é falando de si quando fala de Pedro.

É possível levar uma vida inteira mentindo para si e para o mundo.

Mente quem sempre atribui ao outro a culpa por suas mazelas. É sempre um pai ordinário, uma mãe louca, um namorado canalha ou uma esposa vadia.

Nunca me pergunto por que meus irmãos amam meu pai que eu não gosto. Por que essa mãe só é louca comigo? Por que esse homem só apronta comigo? Por que essa mulher não traiu seus parceiros antes de mim?

Muito cuidado ao colocar quem sofre só na condição de vítima: sofrer pode ser – também – desejo.

Em Psicanálise, pior pode ser melhor, menor pode ser maior e sofrer pode ser prazer.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s