POR QUE É TÃO GOSTOSO TRANSAR?

Podemos até descrever o gosto de um pêssego bem suculento. No entanto, jamais conseguiremos descrever a sensação de quando nos sentimos atraídos por outra pessoa.

Tudo o que mais gostamos é sempre para menos se comparado ao sexo.

Não há melhor paisagem que a de um corpo nu se contorcendo de desejo. Nada se compara à salivação por um pênis enrijecido sob uma calça justa. Nada se compara aos arrepios de uma lambida na orelha.

O tesão provocado por um pênis artificial passa longe do tesão provocado por um pênis de verdade.

Como o sexo pode gerar tanta sensação boa?

Não entendo como alguém pode ser capaz de trocar o sexo real pelo sexo virtual?

Não sabemos explicar o sexo. Também, não sabemos explicar por que tanta gente não gosta de sexo.

O sexo é um mistério. Somos tocados pela natureza. Porém, nada é comparável à sensação do que acontece quando nos enroscamos em alguém.

Como algo – aparentemente simples e bobo – pode gerar tanta volúpia?

O sexo é indescritível, incomparável, único. Não é conceitual. O sexo é da ordem de um fazer intraduzível. Não há dúvida de que não há melhor acontecimento para um corpo que o sexo.

É esquisito ver duas ou mais pessoas se esfregando, se pegando e se penetrando. No entanto, é muito gostoso. Melhor, é desesperadamente delicioso.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s