NÃO FIQUE ONDE VOCÊ NÃO ESTIVER SENDO AMADO …

Nossas questões emocionais são de duas naturezas: constitucional e social.

A primeira, ninguém pode fazer nada por nós. Ou seja, são questões sem solução. Por isso mesmo, temos que agir o tempo todo sobre elas – porque sempre retornam ao final de cada ação.

A segunda, ao contrário da primeira, podemos resolver e não o fazemos porque tememos perder, tememos olhares de reprovação ou nos sentimos incapazes de recomeçar novas relações.

Há quem permanece a vida toda em um relacionamento infeliz por temer ter que dividir o que construiu, por receio de decepcionar os familiares ou por se achar pouco atrativo para novos amores.

Ou seja, carregamos uma infelicidade que nos é constitutiva e que teremos que lidar com ela por toda a vida. E, ainda, encontramos pessoas que carregam mais uma infelicidade que é social, porém, passível de solução. Estamos falando de pessoas que carregam duas infelicidades. Se carregar uma já é pesado, imagina duas.

A primeira não tem como chutar o pau da barraca. A segunda, sim. Acho um absurdo alguém sacrificar a sua própria felicidade por dinheiro, por medo do que os outros vão pensar ou por falta de amor próprio.

O problema é que a felicidade não nos perdoa quando a negamos. Nenhuma riqueza, nenhum julgamento moral ou a pior estima justifica não sermos felizes.

Não adianta colocarmos o externo sobre o nosso interno. O fato é que – conscientemente – trocamos quem somos por quem não somos.

No entanto, quem somos – inconscientemente – não nos perdoa por isso. Continuamos com o nosso dinheirinho, nossos amigos e nossa baixa estima. Porém, cheios de insônias, depressões, ansiedades e doenças psicossomáticas.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s