MAIS ARTE E MENOS TECNOLOGIA …

Não existe a menor possibilidade de alguém dizer que já esgotamos tudo. Ouço, com frequência, alguns apocalípticos bradarem, por aí, o fim da arte, da música, do cinema, da psicanálise e da literatura.

Sobre o superficial, acredito não haver mais nada o que dizer. Agora, sobre o essencial, tudo ainda está por ser dito.

Criar sobre o óbvio, é fácil. Quero ver é criar sobre tudo o que já foi criado e que, sequer, chegou perto do que se propunha.

É fato que sabemos muito de nós mesmos – no sentido biológico, cognitivo e sentimental. Na verdade, sobre o essencial de nós mesmos, avançamos zero – se nos compararmos aos homens das cavernas. Sabemos tão pouco de nós mesmos tanto quanto o primeiro homem que habitou esta terra.

Não estou mais interessado no próximo carro que será inventado, no próximo eletrodoméstico ou no próximo dispositivo virtual. Do ponto de vista prático, creio que já temos mais que o suficiente para sobrevivermos.

Agora, quero é saber das nossas questões existenciais. Quero criações sobre o que nos causa pânico e desespero.

Não quero saber de pele ou de cabelo. Quero é saber do “osso”.

Quero uma arte, uma ciência ou uma filosofia, que sejam corajosas o bastante para criarem sobre o fato de que nada sabemos sobre nós mesmos.

Nas artes, estou de saco cheio desses filminhos de amor água com açúcar. Não aguento mais essa arte sempre do mesmo do olhar e do mesmo riso fácil.

Já desisti da ciência e da filosofia – no sentido de que suas lógicas não chegam à lugar nenhum.

Nossa razão ocidental mais foge que aproxima do que mais necessitamos saber.

Gosto é da arte que não quer saber. Gosto é da arte que quer mostrar. Então, que a arte me faça ver.

Vendo, ao menos, posso chegar perto. Vendo, ao menos, posso criar intimidade. Vendo, ao menos, posso carregar comigo. Vendo, ao menos, posso ver o que dá pra fazer.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s