AMORES TÓXICOS …

Nunca achei que amar fosse só psicologia. É óbvio que muito do amor a gente só resolve refletindo. No entanto, em toda relação, é fundamental que os dois se impliquem em suas desavenças.

Infelizmente, sempre existe um outro culpado. Porém, não há relação de um com um. Toda relação é de dois ou mais. É por isso que sempre há um que faz sofrer e outro disposto para tal.

Não obstante, as questões amorosas não se resolvem só discutindo e entendendo a relação. O amor é – também – corporal. Tudo que envolve o corpo, envolve, também, esta enigmática linguagem.

Afinal, não só amamos alguém. Mais que isso, experimentamos alguém – exceção apenas para os amores platônicos. Ao experimentarmos, tocamos, cheiramos, olhamos, abraçamos, beijamos, lambemos e mordemos.

Ao amarmos, algo desse amor encrosta, gruda e adentra em nós. Toda relação de amor é mais que alma. Toda relação de amor é uma troca genética. Há uma troca de DNAs. Há uma troca de digitais pela saliva e pelo esperma.

Há algo mais que o emocional – e que fica. Deve ser por isso que o sofrimento amoroso é tão dolorido – e demora tanto tempo para passar. Poderíamos dizer que quando envolve o corpo, viciamos no outro do nosso amor.

Portanto, não basta só compreender as intempéries do amor – visando amortecer a dor da perda. É preciso levar em conta o que se passa – também – no físico. Tem tratamento para essa dor concreta do amor? Não conheço.

Aprendi que para ela, só o tempo. Aos poucos, o próprio organismo vai se livrando desse corpo que chegou e grudou em nossos sentidos. Quando é alguém que não valeu muito a pena, o organismo se desintoxica rapidinho. Agora, quando a coisa pegou profundo, só o tempo mesmo.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s