AINDA BEM QUE BROCHAMOS COM CERTAS PESSOAS …

Quando um relacionamento não vai para frente, nossa tendência é a de nos culpar por isso. Em momentos de carência, podemos querer além do normal. Daí, nossa tendência é a de pegar a primeira desgraça que encontramos pela frente. Em momentos de carência, é muito natural que fiquemos entristecidos quando, qualquer envolvimento, por mais bobo que seja, não persevera. Não deveríamos nos culpar por isso. É muito curioso que quando estamos vulneráveis emocionalmente, acabamos fazendo de tudo para que a relação vingue. Daí, falamos mais do que devíamos e, por ansiedade excessiva, às vezes, nem funcionamos – sexualmente – muito bem. É por essas e outras, que tudo desanda. Daí, ficamos péssimos. Só depois de um certo tempo é que entendemos que, na verdade, foi – intencionalmente – que fizemos com que a coisa não fosse para frente. Inconscientemente, já sabíamos que não era para dar certo. A nossa falação louca e a nossa baixa potência sexual, foi, no fundo, um mecanismo que desenvolvemos, sem saber, para botar a figura – que mais era um fiasco que um grande amor – para correr. Só depois de um bom tempo, é que nos damos conta disso. Esses relacionamentos, dos quais nem sentimos saudades. Melhor, esses relacionamentos, dos quais, hoje, não entendemos como tivemos coragem de encarar. Melhor ainda, esses relacionamentos, dos quais, hoje, sentimos asco, naquele momento em que estávamos descontrolados e incapazes de transar com tesão, na verdade, estávamos era sendo salvos pelo nosso inconsciente de um problema ainda maior. Ainda bem que falamos demais. Ainda bem que brochamos. Então, quando você brochar de novo, não fique triste e não se culpe: a culpa não é sua, a culpa é do outro que não merece nem o seu equilíbrio psicológico e, muito menos, que você goze com ele. Fique tranquilo: nunca dá errado quando é com alguém que vale a pena.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s