POR QUE NÃO ACREDITO EM COACHING?

O que é se dar bem na vida? É só ter sucesso no mercado? Ganhar muito dinheiro? Será? Altos executivos tomam antidepressivos. Empresários – também – deitam no divã.

Quem tem a fórmula mágica de ser bem-sucedido na vida? Se alguém tivesse, certamente, usaria somente para si e guardaria a sete chaves.

Somos contingentes e contraditórios.

Não deixamos nossas questões em casa quando saímos para o trabalho. Não existe seleção e treinamento para o inconsciente.

Alguns se dizem sabedores de como realizar os sonhos dos outros. Por que, então, ainda não realizaram seus próprios sonhos?

Nenhuma empresa tem o poder de neutralizar a subjetividade de seus funcionários. Muitos podem estar seguros de funções.  No entanto, outros temores que lhes são constitutivos – seguramente – não passarão ilesos em seus desempenhos.

Networking não resolve recalque.

De que adianta estar motivado para o trabalho sem estar motivado para a vida? De que adianta criar um plano de ação profissional quando se é fracassado emocionalmente?

Não existe coaching para o que nos perturba existencialmente.

Temos que ver o que vamos fazer com isso que aparece camuflado em nossos fracassos profissionais. Isso nenhum coaching resolve. Isso é de cada um – inclusive do fracasso profissional do próprio coaching.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s