POR QUE TRAÍMOS?

Traição não é uma questão de caráter, hereditariedade, genética ou influência do meio.

Todo mundo será traído de alguma maneira – porque ninguém é completo para ninguém.

É por isso que os casais brigam. Muitos se separam e outros até se matam.

As pessoas não são iguais. Há outras silhuetas, cheiros, texturas, tamanhos e pesos. Há outros modos de sentir, viver e pensar. Há outras químicas e pegadas.

A vida é diversa e os prazeres -também. Somos faltosos. Não há quem não queira se sentir completo.

Há quem dê conta de resolver pela imaginação. Há quem use vídeos, fotos e outros apetrechos. Há quem necessite de alguém para se satisfazer.

Não podemos condenar quem trai. Não podemos condenar quem não se importa em ser traído.

O desejo possui múltiplas configurações. Ninguém consegue ser todo o desejo de quem quer que seja.

Criamos nossos subterfúgios quando não podemos. Que seja pela fantasia, pela masturbação, por aplicativos, vídeos ou pelas vias de fato com outrem.

Ilude-se quem se acha completo para o seu amor!

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s