POR QUE NÃO É FÁCIL PERDOAR?

Sentimento não é algo físico que pode ser eliminado. Não é um órgão que pode ser extraído. Não é um vírus que pode ser combatido. Ainda não inventaram um bisturi para as nossas dores emocionais. Qualquer sentimento – mágoa ou raiva – não se supera facilmente. Não há cura para as nossas dores psicológicas. Freud dizia que não há recalque capaz de conter nossas emoções. Carregaremos o medo de morrer enquanto estivermos vivos. É possível amenizar esse medo? Sim. Foi para isso que a cultura nos deu os sonhos, as festas, os amigos e as viagens. É possível esquecer uma mágoa? Sim. É simples? Não. Porque não existe mágoa sem um agente magoante. Só esqueceremos a mágoa quando tivermos provas de que o outro arrependeu do que fez. Temos uma tendência natural de associarmos a pessoa que nos magoou com tudo de pior. É por isso cabe só à ela limpar a mancha que ficou. Mente quem perdoa sem alguma contrapartida de quem errou. Quem traiu precisa reconquistar a confiança de quem foi traído. O trabalho de retomar a relação – agora – só depende dele. Não funciona apenas pedir perdão. Não adianta só uma conversa. Não adianta um abraço e tudo bem. Perdão não é hipocrisia. É preciso recomeçar do zero. É necessário reconquistar a confiança. E tudo com naturalidade. Sem forçar a barra. É claro que o primeiro passo é um pedido de perdão. No entanto, é muita inocência pensar que no minuto seguinte tudo estará resolvido. Não. É natural que a mágoa ainda permaneça por algum tempo. Quem foi magoado irá observar até se certificar de que o outro amadureceu. Só assim a relação será retomada – lenta e gradual. Este é o preço a ser pago pela mágoa. Vale sempre a sinceridade para consigo. Nunca a falsidade. Não é perdão se não vier de dentro. Não é perdão se não for verdadeiro.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s