PARA QUE SERVE A RELIGIÃO?

A religião não serve para iluminar. Pelo contrário, religião serve para obscurecer. Ou seja, serve para mascarar o fato de que somos finitos. Serve para camuflar a única certeza que carregamos e não suportamos.

Não deveríamos fugir de quem somos. Seríamos menos arrogantes se soubéssemo-nos mortais.

A religião legítima a perversão – ao propagar o perdão e a compaixão divinas. A religião precisa ter o que condenar para continuar existindo.

Seríamos bem mais humildes se assumíssemos que não podemos tudo.

Não deveríamos partir de uma ilusão: sofreríamos menos no momento quando do encontro – inevitável – com a verdade.

Deveríamos alegrar não com o fato de que não vamos morrer. Deveríamos alegrar com tudo o que podemos viver.

Não quero uma religião que me prive de viver o meu agora em detrimento do que nem sei se viverei amanhã. Quero viver o meu agora – exatamente – porque tenho ciência de que posso não poderei vivê-lo depois.

Não vivo para morrer: morro para viver. É por me saber mortal que não abro mão de viver tudo o que posso. Não nasci para retardar o que tenho de mais seguro: a vida.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s