A SOCIOPATIA TEM CURA?

Não há uma explicação. Cada um tem o seu jeito próprio de reagir frente às mazelas da existência. Ninguém virou psicopata porque foi abusado sexualmente. Se assim o fosse, toda violência sexual terminaria em sociopatia. Fora que nem todo sociopata – necessariamente – sofreu estupro. A sociopatia é uma resposta aos dilemas da nossa existência – tanto que não há quem não possua algum traço de sociopatia. Do mesmo modo, a histeria, a melancolia e o masoquismo. Cada um vive a partir do que traz em si para se fazer existir. Não há uma causa – mesmo porque se houvesse, esbarraríamos em uma causa sem causa. As pessoas vivem como nasceram constitucionalmente dispostas. Nesse contexto, a psicanálise concordaria com um pedófilo ao conduzir seu existir praticando sexo com crianças? A psicanálise concordaria com um necrófilo ao amenizar suas angústias com um cadáver? Não. No entanto, somos portadores dessas disposições hereditárias – e de tantas outras. Nós, psicanalistas, não possuímos um bisturi para extraí-las de quem nos procura. Desconhecemos qualquer medicamento capaz de combatê-las. Desse modo, há algo que podemos fazer por essas pessoas? Sim. Não há cura. Cabe ao analista ajudar àquele que sofre, a descobri formas de vivenciar e de moldar sua existência – de tal maneira que seja possível fazer disso o menos danoso para si e para os seus demais.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s