EU QUERO É GOZAR A VIDA …

Existe uma forma de ficarmos no vazio sem que isto configure um problema. Ficar no vazio, no sentido de liberdade.

Não só estamos no mundo: queremos entender tudo. Não só usufruímos: queremos formular conceitos e ideias sobre tudo. Não apenas sentimos: temos mania de tudo problematizar.

O problema é que, quase nunca, esperamos a questão. Queremos adiantar tudo. Daí, não vivemos, não usufruímos e não sentimos.

A questão é que não resolvemos quando pensamos. Não há pensamento único para qualquer coisa. Tudo pode ser pensado de múltiplas formas. Se queríamos pensar para te sossego, ledo engano. Criamos um inferno para nós mesmos.

Desse modo, há um vazio do pensamento sobremaneira, benéfico para a nossa saúde mental.

É quando cessamos de racionalizar que encontramos a verdade do mundo.

Deveríamos deixar o problema para a hora dele. Deveríamos pensar apenas no momento em que a questão se fizesse presente. Não deveríamos inventar questões  quando não há questões. Não  deveríamos trazer um problema de lá para cá, de ontem para hoje ou de amanhã para agora.

Há muito o que gozar da vida. Temos a mania de achar que esse gozo precisa passar – primeiro – pelo crivo do pensar.

Precisamos pensar menos e viver mais. Há todo um fluxo de vida acontecendo dentro e fora de nós mesmos. Basta querer. Basta se permitir. A felicidade é sentir. A felicidade não é pensar.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s