PARA QUE SERVE A PSICANÁLISE?

Gosto muito do conceito de transferência de Freud. Ele diz que procuramos um psicanalista porque supomos que este possui um saber sobre nós mesmos. Aliás, ele diz que todas as nossas relações – com a arte, com a ciência, com as ideologias e com a religião – passam pela crença de que isso pode vir a suprir o que não sabemos sobre nós mesmos . É óbvio que, para Freud, a melhor relação transferencial é aquela com o psicanalista. Qualquer outra é enganosa – porque diz possuir receitinhas para os nossos dramas. A psicanálise, ao contrário, diz que todas as nossas queixas estão – no fundo – associadas ao que nem mesmo a própria psicanálise é capaz de responder. Nesse sentido, o silêncio do psicanalista é de fundamental – porque propicia que cada um crie seu próprio modo de dizer sobre isso que ninguém tem o que dizer. Sempre quando transferimos com nosso analista é porque supomos que ele deve ter encontrado o seu. Será?

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s