SOU COMPLETO

Sou completo com o que tenho. Agora, por exemplo, estou só em meu quarto com o que tem dentro dele. Neste momento, isso é tudo o que tenho. Tenho – também – os barulhos da rua, as pausas, os silêncios e os cheiros. Tenho a música, meu livros e minhas redes sociais. Tenho meu corpo, meus sentimentos e minhas sensações. Posso fazer um café, comer uma fruta ou um pedaço de chocolate. Posso ler, escrever ou dormir. Isso é tudo o que tenho para a minha felicidade de agora. Não posso maldizer tudo isso, achando que algo falta para a minha alegria. Não vale trocar o real por um ideal. Não vale desdizer o que se tem em detrimento do que não se tem. Não devo sair porque estou infeliz: isso não funciona. Possivelmente, continuarei infeliz no lugar onde – supostamente – eu pensava que ficaria feliz. Meu lugar é onde estou. Meu tempo é agora. Não devo hierarquizar. Não devo comparar. Comparar vicia, porque comparando acabo não ficando inteiro em lugar nenhum. Viver é uma sucessão de experiências e vamos usufruindo do que cada uma pode nos oferecer. Pensamos para criticar. Pensamos para julgar. Analisamos porque estamos insatisfeitos. Dizem que o pensamento abstrai, eleva e amplia. Não devo deixar onde estou por nada. Devo deixar a vida fluir. Devo deixar a vida me surpreender com toda a felicidade que ela pode me dar. Não estou sobre a vida: estou sob a vida. Sobre a vida, nada sei. Sob a vida, há um universo infinito de coisas: cabe a mim fazer muito bem feito com tudo o que posso dela.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s