O QUE É O INCONSCIENTE?

Achamos que comemos chocolate só porque gostamos. Não brigamos só por amor. Nenhuma torcida sai quebrando tudo só porque perdeu uma partida qualquer. Não vou ao cinema só porque estou afim de ver o filme do meu diretor preferido. Não agimos só com consciência: agimos – também – movidos pelo nosso inconsciente. E o que é esse nosso inconsciente? Tudo o que faço é para não fazer outra coisa. Meu inconsciente é essa outra coisa. Estou aqui para não estar lá: lá é o meu inconsciente. Meu inconsciente é o que não digo, esqueço ou troco. Não somos todo. Somos dois: um consciente e outro inconsciente: um negando o outro. Um sentindo culpa pelo outro. Um tentando punir o outro. Tememos o nosso aquilo e o nosso lá. Por isso, comemos mais do que deveríamos e ficamos mais agressivos que o normal. Tudo o que excedemos é para tamponar isso que desconhecemos em nós. O inconsciente é o que exagera, o que sobra e o que transborda. Não temos olhos para o que não somos: eis a questão. Queremos ser completos só com a felicidade. Porém, não se trata de querer: carregamos – também – o que negamos. Faremos muitos estragos enquanto insistirmos em tomar como estranho isso que é de cada um.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s