QUEM DISSE QUE NÃO PODEMOS SER FELIZES SEM A PRESENÇA DE ALGUÉM?

Até bem pouco tempo, estávamos certos de que podíamos contar com o outro como ponto de calmaria para a nossa solidão. Nesse tempo de individualismo em que vivemos, estamos tendo que reinventar outros meios para recobrir o nosso vazio interior. As pessoas não estão mais dispostas a recobrirem ou serem recobertas pelas outras. Temos que ver o que vamos fazer conosco – sem o outro. Precisamos aprender a nos preencher em nossa solidão. No silêncio da ausência de alguém, precisamos aprender a escutar essa ausência – e sem pânico. Uma via, talvez, esteja em nos redescobrirmos, não mais pelo outro, mas pelas coisas da natureza. Podemos ressignificar a falta de uma pessoa com o som dos pássaros, o ar fresco, o sol que brilha e o dia que amanhece. Sem o abraço de alguém, podemos nos sentir confortados pela cidade com suas coisas, suas ruas, casarões, praças e jardins. Sem a alegria da presença de alguém, podemos despertar a nossa alegria ouvindo uma boa música, vendo um bom filme ou lendo um bom livro. Podemos – também – explorar os sabores do mundo com seus restaurantes, padarias, bares e cafés. Enfim, há outras pulsações. Na falta do outro, um mundo infinito de paisagens, cheiros e gostos se abrem para o nosso deleite. Até então, achávamos que o outro era tudo. Na ausência de alguém, redescobrimos outras presenças. Redescobrimos que podemos nos comunicar com o nosso entorno de outras formas. Se até bem pouco tempo o outro era tudo, talvez, agora, estejamos aprendendo a apreciar a vida para além da necessidade de ter alguém. Talvez, não se trate de um puro individualismo – no sentido patológico desta expressão. Talvez, seja apenas uma questão de experimentar o sentido de viver de outros modos. Talvez, estejamos apenas dando um tempo do outro para experimentarmos outros outros.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s