SOFRER POR QUEM NÃO ESTÁ MAIS AQUI, NÃO TRARÁ A PESSOA DE VOLTA …

Ao ser abandonado no amor, não fixe no outro que partiu. Não vai adiantar. Pensar em quem não está mais aqui, não trará a pessoa de volta. O pensamento não tem esse poder. Sofrer também não adianta. No fundo, nosso problema não é o outro que partiu. Nosso drama, é o vazio que o outro deixou. Precisamos aprender a lidar com essa questão. Ocorre, que quase nunca atinamos para isso. Vemos o vaso e logo arranjamos flores para cobrir seu oco. Vemos a montanha, sem nos preocuparmos com o que não vemos por detrás dela. Quando temos, só sabemos ter. Não trabalhamos com a possibilidade de não ter. Só queremos viver: ninguém quer envelhecer e morrer. Ocorre, que morrer é ainda mais real que viver. Na verdade, começamos a perder quando iniciamos gozar do que ganhamos. Nãos temos a vida: usufruímos dela. Não há vitória que possa ser comemorada por igual o tempo todo. Até tentamos esquecer o que não queremos. No entanto, outras forças, que não controlamos, se encarregam de nos lembrar que as coisas nunca são como gostaríamos. Portanto, não deveríamos odiar quem nos deixou. Não temos as pessoas. Não é por elas que sofremos. Sofremos, porque não sabemos amar nada por inteiro. Deveríamos ter amado o outro enquanto presença e enquanto ausência. Sofremos por vaidade e pela nossa prepotência de possessividade. Infelizmente, não contamos com a solidão. Precisamos aprender a olhar para o que não temos com contemplação – mesmo porque nem tudo é para ser compreendido. A solidão é sem compreensão. Ela virá – queiramos ou não – porque a possuímos. Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s