VOCÊ SÓ NAMORA OU VOCÊ TAMBÉM É NAMORADO?

Conheço pessoas que não namoram, só são namoradas. Uma coisa é namorar, outra é ser namorado. Posso ser o namorado de alguém, o que não significa que esse alguém seja meu namorado. Acho curioso como existem pessoas que só se dispõem a namorar, sem nunca serem namoradas. Acham que são felizes apenas por namorar. Vivem para agradar e estão sempre disponíveis, sem qualquer exigência da disponibilidade do outro. Sempre vão. Sempre dão. Ao serem perguntadas, respondem com toda determinação que possuem um namorado. Na verdade, ocorre o contrário: não possuem um namorado, porque só são possuídas por um namorado. Isso não é namoro. Namoro é troca. Namoro cultiva-se. O namoro é uma via de mão dupla e não uma espécie de escravidão sentimental. Conheço casos em que outro não é o namorado. Só a pessoa que é a namorada dele. Se alguém perguntar se existe namoro, o certo seria responder que só um namora e o outro só existe para receber o namoro daquele que vive o tempo todo para servi-lo. Não quero só namorar. Quero ser namorado também. Quero namorar e ser namorado. Como alguém pode gostar de alguém que diz gostar dela não gostando? Como alguém pode gostar de si não existindo para o outro e ainda se anulando para o outro? Quantos casais não se agridem indo às vias de fato? Quantos casais não se agridem por um amor de dependência? Quantos casais não se agridem fingindo uma felicidade que não é recíproca? Infelizmente, há masoquismos de tudo quanto é tipo.
Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s