SOBRE A VIOLÊNCIA NO CAPITALISMO…

A ideia embutida nesse nosso capitalismo tupiniquim é a de que o indivíduo resolva por si mesmo. O abastado entende que o pobre não pode usufruir do dinheiro público, uma vez que ele não participa da montagem deste. Prepondera a ideia equivocada da meritocracia. Se o rico conseguiu a partir de seus próprios esforços, por que qualquer um não poderia conseguir? Ora, sabemos da impossibilidade da reação de uma pessoa vivendo em extrema miséria, sem subsídio e sem qualquer qualificação, para iniciar ainda que seja um pequeno negócio qualquer. Essa pessoa não terá outra alternativa, a não ser sobreviver pela violência. Herbert de Souza dizia que uma pessoa com fome, podia agir como quisesse, uma vez que estando faminta, ela já teria perdido toda a sua dignidade. Não creio que os mais abastados estejam degradando o nosso tecido social com a intenção de fazer progredir a nossa economia. Creio muito mais na intenção de lavar as próprias mãos de suas culpas por essa nossa desigualdade tão grotesca. Acho que tudo isso é mais uma tentativa de fazer com que os miseráveis resolvam por si mesmos, mas da seguinte maneira: morrendo de fome, se matando entre si ou sendo dizimados pela polícia. É muito assustador tudo o que está acontecendo nesse país. 
Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s