O QUE SERÁ DESSA GERAÇÃO SEM CÉREBRO?

Ninguém sobrevive sem algum vínculo com o mundo. Agora, é muito pouco sobreviver tendo unicamente o corpo como meio de comunicação. Não há dúvida de que o simétrico é bom de ver. Seria despeito não gostar de um bíceps todo torneado. Seria inveja desdenhar de uma bundinha redondinha e durinha. Contudo, é empobrecedor demais trazer o olhar ou a atenção de todo mundo sobre si unicamente por possuir uma silhueta toda bem definida. Nosso sexo tem duas fontes: uma biológica e outra psíquica. A primeira, é para quando somos jovens, vigorosos, viris e belos. Ocorre que toda juventude tem data de validade. A segunda, é para quando não formos mais jovens. Na primeira, a sedução é pelo físico. Na segunda, a sedução é pelo espírito. A questão é que não cultivamos uma hoje para cultivarmos a outra amanhã. As duas deveriam ser cultivadas juntas. Ninguém fica inteligente e interessante do dia para a noite. Aos poucos, na medida em que a estética do corpo vai se desfalecendo, nosso espírito vai ganhando força e nossos novos valores vão sendo sobrepostos aos anteriores, atraindo a atenção das pessoas para o nosso entorno. A beleza física sustenta nossos prazeres enquanto somos jovens. A beleza mental é preventiva da nossa solidão. Até bem pouco tempo cultivávamos as duas. Parece que agora fomos tomadas só por uma. O que será dessa geração sem cérebro?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s